domingo, 1 de julho de 2018

"O PORTO ERA USADO SOBRETUDO PELOS MONGES DE SÃO BENTO PARA TRANSPORTE DE MERCADORIAS DE SUA FAZENDA DE SÃO BERNARDO ATÉ O CONVENTO A DOIS PASSOS DALI. TANTO ASSIM QUE CHEGOU A SER CHAMADO TAMBÉM DE PORTO GERAL DE SÃO BENTO. MAS NÃO SE PENSE QUE ALI CHEGAVAM APENAS INOCENTES FRUTAS E VERDURAS, GALINHAS OU PORCOS. COMERCIALIZAVA-SE GENTE, TAMBÉM. ERA COMUM QUE ESCRAVOS AFRICANOS VINDOS DO LITORAL FIZESSEM PELO TAMANDUATEÍ O ULTIMO TRECHO DA VIAGEM A SÃO PAULO. E PODIA  ACONTECER ALI MESMO OS ESCRAVOS SEREM NEGOCIADOS."

(do livro A Capital da Solidão - Uma história de São Paulo das origens a 1900, Roberto Pompeu de Toledo) 


Nenhum comentário:

Postar um comentário